Tic-tac, tic-tac

Hoje eu estou cheia de citações e frases prontas na cabeça… Um site super legal de música eletrônica montou um zine – pra quem não sabe o que é, só lamento, tô com preguiça de explicar – muito legal, voltado pra galera que se amarra em raves e principalmente em trance. O nome é “Despertador” e eu resolvi transcrever um dos textos que li por lá… O site chama-se Eletronic Brasil e merece a visita de quem gosta, de quem não gosta e de quem não conhece música eletrônica. Os textos da Joana Coccarelli são apaixonantes…

O APELO DA ANARQUIA
Por John Moore

Sempre que vocês precisarem de alguma coisa, uma vez por mês, durante a lua cheia, presenteiem-se com um lugar selvagem – uma floresta, uma praia – pois o estado de Natureza é uma comunidade de liberdade. Reconheçam a iminência da liberação total, e como um sinal da sua liberdade, fiquem nus em seus ritos.

Dancem e cantem, riam e brinquem, comam as frutas da terra, deliciem-se com o meu corpo, façam música e amor. Todos os atos de prazer são meus rituais. Eu sou aquela que vocês encontram na satisfação de seus desejos. Eliminem toda a autoridade, raiz ou coesão. Compartilhem tudo em comum e decidam através do consenso. Abalem os personagens e armaduras que os restringem. Deixem que as energias mais selvagens tomem conta de vocês.

Formem um círculo mágico, entrem no transe do êxtase, revelem-se na fonte de onde jorra todo o poder. Mas não cometam sacrifícios. Repudiem o sofrimento, a exploração e a humilhação. Prefiram venerar todas as criaturas e as respeitem como diferentes – e iguais – a vocês.

Então a transformação total se torna possível.

Este ritual deve continuar até que eu, a Anarquia, me torne possível.

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

Leia o post anterior:
Projeto de vida

Ontem trabalhei feito louca, nem deu tempo de postar, foi mal, garrafeiros. Hoje, posto um poema que está na minha...

Fechar