Metalinguagem

get link Mais de uma vez pessoas estiveram aqui e me perguntaram sobre a gravidade do vício em reticências. Pois bem, resolvi escrever um post sério e me empolguei com a gramática.

follow Reticências, o sinal de pontuação compulsivo…
(uma breve aula de português)

Não acho que o uso das reticências seja um problema, a própria gramática registra este sinal de pontuação como correto e aplicável para “indicar uma hesitação na frase ou mesmo a falta de conclusão de uma idéia”, devendo ser evitadas em textos jornalísticos (Fonte: Manual de redação e estilo do Jornal O Estado de São Paulo). Só é importante lembrar que qualquer coisa em excesso incomoda. Meus posts normalmente são escritos na pasta de rascunho do meu outlook e pontuados de cabo a rabo com reticências. Como eu sou bacana, tenho piedade dos doidos que sempre voltam aqui e edito antes de publicar.

O uso das reticências é muito adeqüado para a internet, seja em e-mails, posts em blogs e mensagens de icq, já que estas – na maioria dos casos – são de cunho informal e aguardam que o destinatário da mensagem a complete. A relação de interatividade da web permite a ampla utilização de reticências, para incentivar quem recebe a completar o raciocínio. Defendo a utilização e ainda argumento com qualquer gramática na mão, já que a regra é unânime entre os estudiosos da área.

Bom, eu coloco reticências em quase tudo que escrevo. Quase, porque não posso incluir nesse balaio de gatos relatórios de trabalho ou textos acadêmicos. Tenho uma relação compulsiva com os três pontinhos, tanto que cheguei a transformá-lo em um blog e até em minha identidade. Pouquíssima gente que vem aqui sempre sabe o meu nome, quase ninguém pergunta e acho que a maioria lembra de mim quando escuta “reticências”. Quem sabe eu não acabo um dia conseguindo o Copyright… (pouco presunçosa, então! Hehehehe).

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

Leia o post anterior:
FRAGMENTOS DE NO MÍNIMO

Achei algumas coisas lá que merecem estar aqui. Lá vão elas... Sobre blogs:Pra quem anda querendo fazer sua propaganda pessoal,...

Fechar