Um dia e tanto

http://restginhisshadow.com/tag/adversity/ O feriado foi em família, em Teresópolis, cheio de sossego, piadas internas, palavrões e jogos de cartas a dinheiro. Até que, na terça à noite o telefone toca e opa!, festa no Rio. Começou às duas da tarde, churrasco até nove da noite. Muitas risadas, conversas simples e zoação. Daí começou a emendada: da Barra para o Recreio, depois Barra de novo, rodoviária, Gávea: parada no Les Artistes, um restaurante com uma pista de dança no andar de cima, muito charmoso e com um DJ muito bem escolhido: um amigo, Marcelinho. E de lá, de novo Barra da Tijuca, para mais uma pista de dança, de novo Marcelinho, agora com o Fabiano também. Definitivamente, música eletrônica para mim é terapia…

Sobre

http://nepa.nl/pagemedia/home-slider/?l=en Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

Leia o post anterior:
Bizarrices

(coisas que eu conto e nêgo duvida)Setembro de 2001. Um amigo inventa de fazer uma festa à fantasia, onde só...

Fechar