Ilusões

Somos humanos, somos tolos, somos esperançosos, somos movidos pela maneira como ouvimos a história e a maneira como imaginamos. Eu acho essa ilusão bem saudável, a imaginação alimenta a alma. E por isso mesmo a música da Legião Urbana que eu mais amo é justamente a que fala de Ilusão. E ela se chama

Acrilic on Canvas

É saudade então
E mais uma vez
De você fiz o desenho mais perfeito que se fez:
Os traços copiei do que não aconteceu
As cores que escolhi entre as tintas que inventei
Misturei com a promessa que nós nunca fizemos
De um dia sermos três
Trabalhei com você em luz e sombra
Era sempre:

Não foi por mal.
Eu juro que nunca
quis deixar você tão triste
Sempre as mesmas desculpas
E desculpas nem sempre
são sinceras
Quase nunca são

Preparei a minha tela
Com pedaços de lençóis
Que não chegamos a sujar
A armação fiz com madeira
Da janela do seu quarto
Do portão da sua casa
Fiz paleta e cavalete
E com lágrimas que não brincaram com você
Destilei óleo de linhaça
E da sua cama arranquei pedaços
Que talhei em estiletes
E fiz então
Pincéis com seus cabelos
Fiz carvão do batom
Que roubei de você
E com ele marquei
Dois pontos de fuga
E rabisquei no horizonte
Era sempre:

Não foi por mal.
Eu juro que não foi por mal.
Eu não queria machucar você:
Prometo que isso nunca vai acontecer
Mais uma vez
E era sempre, sempre o
mesmo novamente
A mesma traição
Às vezes é difícil esquecer:

Sinto muito, ela não mora mais aqui.
Mas então porque eu finjo
Que acredito no que invento?
Nada disso aconteceu assim

Não foi desse jeito
Ninguém sofreu:
É só você que provoca
Essa saudade vazia
Tentando pintar essas flores com o nome
De “amor-perfeito”
E “não-te-esqueças-de-mim”

Antes que alguém pergunte, sim, eu estou muito bem. Bons amigos têm me dado muitos sorrisos. E dar colo para uma amiga já está virando profissão…

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

Leia o post anterior:
Biriquitot Xefra

As coisas acontecem todas ao mesmo tempo, mas eu não tenho visto. A menina, que levou um tiro na Estácio...

Fechar