Fragmentos

Ele: Oiiiiiii, Pa!!!
Eu: Oiiiiiiii! Que saudades!!!
Ele: Também, você some!
Eu: É, andei viajando direto…
Ele: Você tá muito diferente…
Eu: eu? Por quê?
Ele: Ah, sei lá…parece que você…
Eu: Hahahahaha… Fala sério…
Ele: Nossa, mas tá muito diferente…
Eu: Digamos que eu to descobrindo um meio termo entre Teresópolis e Paloma…
Ele: Hahahaha…
Eu: Porque você nunca me perguntou isso?
Ele: Sei lá, eu desconfiava só, ficava meio bolado de perguntar…
Eu: Ué, mas por quê? Estamos em casa meu caro…
Ele: Ah, é? E porque você nunca perguntou?
Eu: Porque eu sempre soube, oras!
Ele: Séééééério?
Eu: Ué, o que se sabe não se pergunta…
Ele: Hahahaha…

Certos segredos não precisam ser contados, são óbvios… Hoje eu estava a fim de falar algo sem nexo sobre mim…

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

Leia o post anterior:
Vício

Boa Noite. Meu nome é Paloma e eu sou uma viciada em testes. Eu estava há 122 dias sem fazer...

Fechar