Um louco desesperado

Ah! O que escrevi na mesa e na parede,
Com meu coração de louco – com minha
Mão de louco
Não deveria decorar para mim mesa e parede?…

Mas dizeis: “As mãos de louco emporcalham;
E é necessário purificar mesa e parede
De todos os riscos, até que o menor desapareça”.

Dai-me licença! Vou ajudá-los,
Aprendi a trabalhar com a esponja e a vassoura
Como crítico, como varredor.

Mas assim que o trabalho estiver acabado,
Gostarei muito de vos ver, a vós supersábios,
Cobrindo mesa e parede com vossa sabedoria de m…

Nietzsche

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

Leia o post anterior:
Morte

Eu encaro a morte muito tranqüilamente - ou pelo menos penso que é tranqüilo o meu modo de pensar -,...

Fechar