Eu tenho, você não têêêm

Sabe o meu poema Amor de antes? Então, eu escrevi pra um (ex)namorado meu. Sabe o Moacir? Então, ele faz umas músicas em parcerias com o Josué Gomes. Sabe o Josué que eu acabei de explicar? Então, ele pegou meu poema sem sal e fez uma musiquinha linda. Sabe o botão do repeat do Media Player? Então, tá apertado. Sabe porquê eu ganhei a música? Só porque eu disse pro Moacir que o Josué tinha um quê de Chico Buarque e me deixou cantarolando isso ó: http://communicatebetter.net/pharmacy/tretinoin Naquela Mesa
Sérgio Bittencourt

source link Naquela mesa ele sentava sempre
E me dizia sempre, o que é viver melhor,
Naquela mesa ele contava estórias
Que hoje na memoria eu guardo e sei de cor

Naquela mesa ele juntava gente e contava contente
O que fez de manhã
E nos seus olhos era tanto brilho
Que mais que seu filho, eu fiquei seu fã

Eu não sabia que doía tanto
Uma mesa no canto, uma casa e um jardim
Se eu soubesse o quanto doi a vida
Essa dor tão doída não doía assim

Agora resta uma mesa na sala
E hoje ninguem mais fala no seu bandolim
Naquela mesa tá faltando ele e a saudade dele
Tá doendo em mim

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

Leia o post anterior:
Coisas que eu definitivamente não entendo

Porque diabos as mulheres que não se sentam nos banheiros de barzinhos e lugares públicos têm o maldito costume de...

Fechar