Momento diarinho XII

Estou triste. Não hoje, já faz uns dias. Pra ser justa, acho que me tornei triste. Ontem à noite eu chorava. De saudades, de cansaço, de sozinhez, de medo, de preocupação, chorei de tudo. A vida tem seus ciclos, eu sei. E não está nada tão ruim assim, eu sei também. Daqui a pouco tudo se ajeita, também sei.

Mas se teoria eu vou bem, de prática não garanto nada. Lembra daquele sorriso largo? Pois é, saiu de férias com as piadas cínicas. E ainda o espírito de se divertir acima de tudo casou com a disposição de ir a qualquer lugar e os dois se mudaram! Eu fico pensando que mais cedo ou mais tarde as coisas se ajeitam e isso me acalma, mas a verdade é que eu queria que tudo se ajeitasse agora!

Será que é pedir muito ter disposição pra me divertir, grana pra isso e também pra comprar minhas coisinhas e um amor por perto? Do meu pacote de sonhos, no momento tenho os amigos para todas as horas e a saúde, mas que anda meio fraquejada por causa da proecupação.

No final das contas, tenho duas opções ridículas: ou estou com stress ou com depressão. Se eu chegar a síndrome do pânico, aí sim é fim de carreira. E antes que alguém se meta a dar conselho bosta, eu não vou fazer terapia nem fodendo. Outro dia eu explico porque me nego a fazer terapia.

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

1 Comentário

Comentários indisponíveis.