E o Roda Viva, hein?

Eu assisto o programa há anos, toda santa segunda-feira e curto muito, afinal é um programa histórico. Há cerca de um mês, eu acho, o programa começou a abrir espaço para a nova mídia, os donos de blogs e twitters. Só que como bem disse o Inagaki depois de estar lá, é uma pena que não se permita os blogueiros a interagir com o entrevistado. De que adianta abrir o espaço só como platéia? Ver eu vejo de casa! E de casa ainda posso mandar perguntas por e-mail ou telefone, para quem está lá nem isso rola. Aí eu me pergunto: de que adiante trazer as pessoas mais interativas do país se não deixam que interajam? Qual é a lógica? Parece que é uma maneira de gerar mídia espontânea sobre o programa na blogosfera, nada além. Talvez ainda não tenham entedido que a blogosfera é baseada em troca…

E cá entre nós, espero que o Markun volte logo, porque a Lilian Witte Fibe se atrapalhou pacas ontem à noite.

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

3 Comentários

  • Oi,querida

    Não consegui abrir o Blog do Inagaki..pena!

    Adoro Roda Viva,mas atualmente tenho ido dormir tão cedo que não tenho visto.
    Lilian Witte Fibe?Atrapalha em todos os lugares..não sei o que viram nela..

    bjs

  • É como assistir jogo no estádio: não tem replay, nem tira-teima, mas tem muita porrada…
    A gente junta a turma, vai prum “choop”, pruma churrascaria, pruma praia, pra casa de um desocupado, aí a gente bebe, come, bebe, ri, bebe, xinga juiz, bebe, insulta perdedor, bebe, comenta lance certo e lance errado, bebe, se diverte e fica tudo bem, porque não tem torcida adversária agressiva, pode até ter adversária, mas todos são amigos e se alguém beber mais do que deveria, deita ali no cantinho e doooorme

Comentários indisponíveis.

Leia o post anterior:
Bom-humor

Depois de quatro dias fora de casa, nada se compara a chegar de volta, jantar macarrão da vó, ligar o...

Fechar