Profissões Alternativas II

Mais um post sobre coisas que eu poderia fazer para pagar as contas se não fizesse o que eu faço.

Eu poderia ser jornalista. Porque por algum motivo, causa, razão ou circunstância, algumas pessoas acham que eu escrevo bem. Nhá, não vou ficar de falsa modéstia, eu redijo pra muita gente, mesmo na faculdade, fiz muito trabalho pra amigo estudante de jornalismo e mesmo depois de formada já fiz mais meia dúzia. Sou publicitária, bacharel em comunicação social e vários professores chegaram a me dizer que eu deveria trocar publicidade e propaganda por jornalismo. Amigos então, eu perdi as contas. Só aqui no blog um meia dúzia já me disse isso!

Tá, não demoraria muito, me torno jornalista em dois anos ou menos até, dependendo da flexibilidade do curso. Mas é que eu não sirvo pra ficar produzindo pautinha ou release, menos ainda sei ser imparcial. E no final das contas, acho que eu sou capaz de matar quem disser sobre o que tenho que escrever ou que meu texto não tá bom. Acho que eu seria perigosa como jornalista. Além disso, jamais escreveria em jornais tipo aqueles que o Circo critica, justamente todos os da minha cidade.

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

3 Comentários

  • Hum,
    ai ai palominhaa..
    a unica coisa que iria me irritar é isso, falar que meu texto não está bom..
    mas deve ser tão bom passar o mundo para uma folha de papel *-*
    ai ai
    shausuauhsa
    1 coment
    ^^

  • Vc fez trabalho pra amigos e não cobrou por isso? Nem em brejas?

    Tem que cobrar sempre, pra valorizarem o trampo! 😉

  • Eu já quis ser rockstar, bailarina, astronauta, hippie, oceanógrafa… AND jornalista. PORÉM… não canto nem toco nada, sou pesada e desengonçada demais pra encarar um balé, tenho medo de altura e de água e sou muito frsquinha pra ficar no meio de uma praça anfiando miçangas num fio de náilon. O jornalismo ficou pelo quase – na hora da inscrição vo vestibular, mudei a opção pra medicina.

    Eu adoro o que vc escreve. Estou fora da sua lista negra de assassinados em potencial?

    😉

    Beijos!

Comentários indisponíveis.

Leia o post anterior:
Aborto

A primeira coisa que eu me pergunto sobre a legalização do aborto é "qual o problema?" O que exatamente acontecerá...

Fechar