Um olhar sobre o twitter

Um grande amigo passou seis meses papagaiando que eu deveria entrar no twitter, que é a minha cara, que minhas piadas ácidas do cotidiano cabem muito bem ali e coisas do gênero. De fato, o argumento que me convenceu foi simples: “cria sua conta no twitter pelo menos para garantir o login”. Não creio em outra Lomyne, mas bateu aquele panicozinho básico.

Escolhi o primeiro lote de pessoas a seguir entre blogueiros que leio tento ler e respeito, mesmo que não costume comentar nestes blogs. Adicionei os três mil convites que já tinha e o resto eu fui catando em citações via twitter. Leio muita gente de quem sou totalmente distante, popstars que ignoram minha existência e ainda assim muito me divertem. Gente como o Cardoso, a Poalli e o Jovemnerd, são celebridades da web e eu caí mais ainda de amores por eles. O restante eu fui adicionando por recomendações dos primeiros. Assim eu fui me enredando até chegar às conclusões que seguem:

1. Tem pessoas no twitter que eu considero offline. Veja, se você entra na internet pra usar orkut e msn, você não está online, ainda mais se você usa só para falar com as pessoas que você tem o telefone, o endereço e ainda mora na mesma cidade. Alo-ou você não tá produzindo bosta nenhuma! Acho que podemos separar twitteiros em ativos e passivos – eu ignoro os passivos.

2. Antes de entrar, eu via o passarinho como um msn em atacado, agora eu vejo mais como um mix de orkut e blog, onde você tem um espaço menor pra escrever e chances maiores de encontrar imbecis. Em algum link que eu peguei no twitter – e perdi no limbo – alguém disse coisas muito certas: primeiro, que o twitter não vai substituir o blog, porque são coisas diferentes e podem ser simultâneas; segundo, que o twitter é o reflexo da internet e da sociedade brasileira: uma massa de incultos usando o meio como quer, escrevendo errado, sendo fútil e/ou desinformado. Fato, o Brasil é assim, o uso da internet no Brasil é assim, a blogosfera é assim, o twitter só podia ser assim.

3. Uma coisa que me surpreende no twitter é a polícia. Porra, tem mais polícia no twitter do que mulher no orkut. Polícia ortográfica, polícia moral, polícia política, polícia midiática. E mesmo sem levantar a bunda da frente do computador pra fazer treinamento do BOPE, nêgo se acha membro da Tropa de Elite. Confesso que muitas vezes me divirto com estes policiais se contradizendo e cometendo os erros que tanto criticam.

4. Existe uma intolerância latente também. Todo mundo com pressa e aí se originam confusões, buxixos e reações exageradas, quase sempre por falha do leitor na interpretação do texto. Juízes de dedo em riste que perdem a noção, batem forte demais e o que poderia ser um debate interessante vira um bate-boca entre um imbecil que não entendeu e um autor sem paciência pra explicar.

Aí você soma tudo isso e percebe que a maioria ali não entende ironia, não aceita humor negro e não sabe usar vírgula nem crase. De fato, o único defeito que eu acho no twitter é uma galera discutindo política. Sério, é impossível discutir política em 140 caracteres! Assim surgiu minha frase supra-sumo de twitter: politica no twitter faz tanto sentido quanto um gato rosa andando de patinete chupando sorvete de caqui. E por isso eu ignoro a maioria desses tweets.

Apesar de tudo isso, o twitter é um prazer. Adiciono e removo pessoas com grande facilidade, risadinhas me escapam do canto da boca no meio da tarde, mas a melhor parte é que não me sinto mais tão desinformada. Os segundinhos que dedico ao twitter me colocaram de novo na rota das notícias, dos links úteis e das informações mais inúteis. E assim vamos, enquanto eu tiver tempo e paciência.

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

2 Comentários

  • … que coisa chata… estou no grupo das pessoas que foram removidas… O que eu fiz de errado? Matei a língua? Xinguei quem não devia? hunf….

    O meu blog que está fechado é pq ainda não começou a funcionar, guapa… Não se preocupe, vc está autorizada em todas as minhas casas virtuais…

    Besos, besos…

Comentários indisponíveis.