Sobre política, pra variar

Seroquel sale “No debate na Rede Bandeirantes, Anthony Garotinho disse que sua candidatura era ‘de esquerda’. Ciro Gomes falou que a aliança que o sustentava era de ‘centro-esquerda’. Luis Inácio Lula da Silva justificou a escolha de José de Alencar, do PL, como vice de sua chapa por que ela expressava a união do ‘capital com o trabalho’. José Serra não se definiu. Em outras ocasiões, no entanto, o candidato do PSDB mostrou orgulho de seu passado de esquerda, mas também disse que as distinções de esquerda e direita estão ‘ultrapassadas’.
Nenhum dos quatro principais presidenciáveis se apresenta como de direita. Tampouco se dizem liberais. Ou reformistas. Ou conservadores. Ou libertários. Ou nacionalistas. Ou pró ou antiimperialistas. Eles escondem suas definições políticas e ideológicas.”

Mario Sergio Conti in No Mínimo
Tem milhões de coisas muito boas por lá… uma delas eu vou pesquisar e, se não achar, publico só o aperitivo que tem lá…

Sobre

enter Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

Leia o post anterior:
Jabá

Bom, é isso aí, está na hora de começar os comerciais: estréia hoje, na internet, uma novela mexicana, chamada Vidas...

Fechar