Eu não entendo…

Eu penso, penso e repenso, mas não entendo. É muita neura para uma cabeça só. Uma vontade de me esconder e ao mesmo tempo de me mostrar. Esconder essa cara que todo mundo se acostumou a ver e tentar mostrar uma realmente verdadeira, um desejo inexplicável de me jogar no meio do coliseu e deixar que os leões decidam o destino…

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte