Falando de você

Chegar perto do seu ouvido e te sussurar oi e suspirar ali um pouquinho. Sorrir de leve, piscar comprido, arrumar o cabelo e passar a língua pelos lábios, como quem nem nota que você está olhando. Fazer de tudo, só para te deixar com vontade de mim e assim eu matar a vontade que tenho de você. Sumir quando você me espera, demorar a atender o telefone, fazer de conta que nem li sua mensagem no ICQ. Fazer de tudo, só para te deixar com vontade de mim e assim eu matar a vontade que tenho de você. Te contar segredos de liquidificador que quase nada importam, mas muito te provocam, dizer delícias de todo o tipo. Fazer de tudo, só para te deixar com vontade de mim e assim eu matar a vontade que tenho de você. Dar-te espaços onde poucos souberam permanecer e te convencer de que me conquistar é o melhor que pode fazer. Fazer de tudo, só para te deixar com vontade de mim e assim eu matar a vontade que tenho de você. Conquistar você não pelo troféu que vou ter depois e sim pela simples maravilha da arte da conquista.

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte