Alguns esclarecimentos sobre o Dia Internacional da Mulher

here Eu nasci numa quarta-feira, num dia de frio e desde esse dia, cada um dos que seguem são para mim dias de viver (tá bom, eu só fui ter consciência disso anos depois, mas enfim). Eu não acho que eu precise de um dia para comemorar o fato de ser mulher não quero receber flores, sair para jantar e ganhar beijos sociais porque o calendário manda. O bacana mesmo é a gente ser surpreendida por essas coisas só porque a gente merece a lembrança e não porque o comércio de flores precisa de uma forcinha…

Todo dia que passa é meu, eu faço dele um mundo de possibilidades, porque dias de animação e dias de merda se intercalam na boa, fazer alguém sorrir não precisa ser em data recomendada, estar de bem com a vida é terapêutico sempre e não só uma vez por ano.

Nota: sim, eu estou ranzinza no Dia Internacional da Mulher. Mas isso é porque estou a fim e não porque o calendário manda…

Sobre

Eu sou uma ideia abstrata de mim mesma, vivendo para o meu trabalho e insistindo em acreditar que algum dia eu vou conseguir escrever o tanto que penso.

Vai que você curte

Leia o post anterior:
Maracangalha ou Timbuktu?

O Fórum Social Mundial vai colocar o pé na estrada, com cinco anos de idade, resolveu cair no mundo. Esses...

Fechar